VÍDEO: Obrigar Crianças Cristãs a Frequentarem Escolas Muçulmanas

"Professores Islâmicos criaram uma escola para doutrinar seus filhos. Seus filhos são tomados de vocês 7 horas por dia, 5 dias por semana, por um total de 180 dias no ano... Depois de 12 anos desse jeito, vocês se surpreenderiam se seus filhos abandonassem a igreja? Vocês se surpreenderiam se seus filhos dessem as costas para Jesus?"

O Pe. Joseph mudou-se para a Rússia há um pouco mais de dois anos com sua esposa e oito filhos. Eles agora estão morando perto de Rostov Veliki, cerca de três horas ao norte de Moscou.

No vídeo de hoje, o Pe. Joseph nos convida a refletir sobre algo aterrorizador: Obrigar Crianças Cristãs a Frequentarem Escolas Muçulmanas — Ao assistir este vídeo, vocês podem descobrir que o perigo está mais próximo do que pensam.


Deus Todo-Poderoso, diante de quem todos os corações estão descobertos, todos os desejos conhecidos e de quem nenhum segredo está oculto: purifica os pensamentos dos nossos corações pela inspiração de Teu Espírito Santo, para que possamos amar-Te perfeitamente, e dignamente engrandecer Teu santo nome: por meio de Cristo nosso Senhor. Amém.

Saudações! Eu sou o Pe. Joseph Gleason e falo daqui do pequeno vilarejo de Ivashovo, na Rússia. Estamos ao oeste de Rostov Veliki, cerca de 3 horas ao norte de Moscou.

Imaginemos hoje algo terrível. Professores muçulmanos criam uma escola para doutrinar seus filhos. Seus filhos são tomados de você 7 horas por dia, 5 dias por semana, por um total de 180 dias no ano. Por 1.260 horas a cada ano, seus filhos são levados de suas casas e são ensinados para se tornarem "pequenos bons Muçulmanos". 

Jesus nunca é mencionado. A Bíblia nunca é aberta. Por 7 horas todos os dias seus filhos são ensinados de que Jesus não é importante para a maior parte da vida. Ao invés de aprenderem Inglês e a gramática enquanto estudam a Bíblia, seus filhos aprenderão Inglês através do Corão e outros livros Islâmicos. Ao invés de aprenderem ciência em conjunto com as Escrituras, seus filhos serão ensinados que Jesus não criou o mundo. Em vez de aprenderem que a matemática revela a forma gloriosa pela qual Jesus criou e organizou o universo, seus filhos não aprenderão nem que Jesus é Senhor sobre a matemática. Nas aulas de música, seus filhos cantarão canções. No entanto, eles não cantarão louvores a Jesus. Eles cantarão cantos Islâmicos de louvor a Alá. 

Depois de 12 anos desse jeito, vocês se surpreenderiam se seus filhos abandonassem a igreja? Vocês se surpreenderiam se seus filhos dessem as costas para Jesus?

Agora, suponha que alguns professores dessa escola Islâmica sejam na realidade "bons Cristãos". Eles vão à Igreja e dizem que acreditam na Bíblia. Todavia, a escola Muçulmana não permite que eles falem sobre sua fé durante o trabalho. Nada muda para seus filhos. Eles ainda passam por 7 horas por dia sem ouviram o nome de Jesus. Eles ainda passam o dia todo sem aprenderam sobre a perspectiva bíblica. Eles ainda são ensinados que Jesus é irrelevante para a vida cotidiana.  

Vocês permitiriam que seus filhos frequentassem tal escola? É claro que não! Vocês se importam bastante com seus filhos para permitirem que eles passem por uma lavagem cerebral. Ainda que vocês tivessem que pagar um bom dinheiro para que eles recebessem uma educação diferente, vocês dariam um jeito porque vocês amam seus filhos mais do que dinheiro. Correto?

Entretanto, quão diferentes são as escolas públicas daquela escola Islâmica? Seus filhos são tomados de vocês 7 horas por dia, 5 dias por semana, por um total de 180 dias por ano. Por 1.260 horas todo ano, seus filhos são ensinados que Jesus não é importante. O nome de Jesus não é mencionado. A Bíblia nunca é aberta. Durante 7 horas por dia seus filhos são ensinados que Jesus não é importante para a maior parte da vida. Ao invés de aprenderem Inglês e gramática enquanto estudam a Bíblia, seus filhos são ensinados com base em livros que excluem Jesus. Ao invés de aprenderem ciência de acordo com as Escrituras, seus filhos passam por uma lavagem cerebral para crerem que eles evoluiram de uma gosma e que Deus não teve nada a ver com isso. Nas aulas de música, seus filhos cantam canções. No entanto, eles não cantam louvores a Jesus.

Aproximadamente 70% das crianças Cristãs enviadas para as escolas públicas por fim deixaь a Igreja. 7 de cada 10 crianças viram suas costas para Jesus. Não deveríamos nos supreender, porque por 12 anos nós as enviamos para um lugar que abertamente ignora Jesus e o trata como sendo irrelevante.

Também não é de se espantar que isso não seja tão problemático para Cristãos que ensinam domiciliarmente. Enquanto outras crianças aprendem a ignorar Jesus, crianças que são ensinadas domiciliarmente aprendem como reconhcer Jesus em todas as áreas de suas vidas.

As Escrituras são claras. Vocês devem aprender os mandamentos de Deus, obedecê-los e, de acordo com Deuteronômio 6:7: “os ensinarás a teus filhos e deles falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te”.  Ensinem piedade para seus filhos desde o tempo em que acordarem até o tempo em que forem dormir. De acordo com a Bíblia, enviar seus filhos para uma instituição ímpia por 7 horas por dia é um pecado. E serão seus filhos que pagarão por isso.

Pais Cristãos, não enviem seus filhos para as escolas públicas. Por favor, encontrem uma boa escola Cristã particular. Ou ainda melhor, os ensinem domiciliarmente. Isso é muito melhor para seus filhos.

Agora, Senhor, podes despedir em paz o teu servo, segundo a tua palavra, pois já os meus olhos viram a tua salvação, a qual tu preparaste perante a face de todos os povos, luz para alumiar as nações e para glória de teu povo Israel.

Obrigado pela atenção.