Se Você Deseja Conquistar a Luxúria, Siga a Exemplo Deste Homem Cristão

Belo e Alto, São Moisés atraiu a atenção de certa mulher rica, que ardia com um desejo apaixonado por ele...

MORE:Santos
Originally appeared at: Mystagogy Resource Center

São Moisés, o Húngaro das Cavernas, era um irmão de São Efraim de Novy Torg e de São Jorge. Juntamente com eles, ele esteve a serviço do santo Príncipe Bóris.

Após o assassinato de São Bóris em 1015, no Rio Alta (São Jorge também pereceu com ele), São Moisés fugiu e se escondeu em Kiev com Predislava, irmã do Príncipe Jaroslau. No ano de 1018, quando o Rei Polonês Boleslau tomou Kiev, São Moisés e seus companheiros acabaram na Polônia como prisioneiros.

Belo e Alto, São Moisés atraiu a atenção de certa mulher rica, que ardia com um desejo apaixonado por ele e queria resgatá-lo do cativeiro e torná-lo seu marido. São Moisés se resolutamente recusou a trocar o cativeiro pela escravidão a uma esposa. Apesar de sua recusa, a Polonesa comprou a prisioneiro.

Ela fez tudo o que estava ao seu alcance para seduzir o jovem, mas ele preferia as dores de fome do que banquetes fartos. Então, a Polonesa começou a levar São Moisés por suas terras, pensando em cativá-lo pelo poder e riquezas. São Moisés disse a ela que não trocaria as riquezas espirituais pelas coisas perecíveis deste mundo e que desejava se tornar um monge.

Passando pela região, um hieromonge Athonita tonsurou São Moisés um monge. A mulher Polonesa deu ordens para que estendessem São Moisés no chão e o espancassem com barras de ferro, de forma que o chão ficou ensopo de sangue. Ela pediu permissão a Boleslau para fazer com o prisioneiro tudo o que quisesse. A mulher desavergonhada uma vez ordenou que colocassem São Moisés numa cama com ela. Ela o beijou e o abraçou, mas não conseguiu nada com isso.

São Moisés disse: “Pelo temor de Deus, eu te abomino como impura”. Ao ouvir isso, a Polonesa deu ordens para que dessem cem chicotadas diariamente ao Santo, e depois que o emasculassem. Boleslau logo começou uma perseguição contra todos os monges da terra, mas a morte súbita o tomou. Uma revolta irrompeu na Polônia, na qual a viúva também foi morta.

Tendo se recuperado de suas feridas, São Moisés chegou ao mosteiro das Cavernas de Kiev, portando as feridas de um Mártir e a coroa de um Confessor e corajoso guerreiro de Cristo. O Senhor lhe deu força em seus sofrimentos. Um certo irmão monástico, oprimido pela paixão impura, foi a São Moisés e pediu sua ajuda, dizendo: "Prometo guardar até a morte tudo o que você me pedir para fazer". São Moisés disse: "Enquanto viver, não fale palavra algum a mulher nenhuma." O irmão prometeu obedecer o conselho do monge.

São Moisés tinha na mão um cajado, sem o qual ele não conseguia andar por causa das feridas que havia recebido. Com esse cajado, São Moisés atingiu o peito do irmão que o abordara e este imediatamente foi libertado da tentação.

São Moisés perseguiu o ascetismo em Kiev por 10 anos; ele morreu por volta do ano de 1043 e foi enterrado nas Cavernas Próximas. Após venerarem as sagradas relíquias do Santo terem orado fervorosamente, os monges foram curados das tentações carnais.

MORE:Santos