5 de Maio - Uma das Muitas Vítimas de Stalin: São Dimitri Vlassenkov

As autoridades estavam descontentes porque mesmo após o fechamento da igreja e o aprisionamento do sacerdote, a vida eclesiástica continuava na vila. Por fim, eles resolveram prender Dimitri Vlassenkov...

São Dimitri Vlassenkov, o Mártir

O mártir Dimitri nasceu em uma família camponesa no ano de 1880, na cidade de Rossasna, num condado da província de Mogilev. Seu pai era o feitor do conselho distrital.

Após concluir a escola paroquial, Dimitri trabalhou na fazenda como seu pai e irmãos. Ele serviu no exército, casou-se e recebeu do Senhor uma grande família.

Tendo sido criado na fé e na piedade, ele diligentemente participava dos serviços em sua vila natal. Ele cantava no coral desde a infância, e passou algum tempo como um servidor do altar.

Durante as perseguições, no ano de 1931, ele foi nomeado para o conselho eclesiástico, tendo permanecido um membro até 1934, quando a igreja foi fechada. Dimitri Emelianovich (Vlassenkov) não foi preso.

A cada ano a vida tornava-se mais difícil. Os camponeses, que sofriam pela ausência dos cultos, começaram a implorar a Dimitri Emelianovich, como a um homem  que conhecia os ritos, que ao menos lesse os salmos pelos mortos. Ele nunca recusou isso a ninguém que pedisse.

As autoridades estavam descontentes porque mesmo após o fechamento da igreja e o aprisionamento do sacerdote, a vida eclesiástica continuava na vila. Por fim, eles resolveram prender Dimitri Vlassenkov. No ano de 1940, pressionaram algumas testemunhas para dar falso testemunho acerca dele, como se ele conduzisse algum tipo de agitação anti-Soviética enquanto lia as orações.

Dimitri Emelianovich defendeu-se como pôde, refutando as testemunhas. Não obstante, ele foi sentenciado a cinco anos no campo de detenção Karaganda. Enquanto cumpria a sentença, o devoto servidor do altar adoeceu seriamente e morreu no hospital do campo no dia 5 de maio de 1942. Dimitri Emelianovich foi enterrado em uma cova desconhecida. 

Dia 5 de maio é a festa do Mártir Dimitri Vlassenkov.

  • Shqip
  • العربية
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Bahasa Indonesia
  • Português
  • Русский
  • Español