Summer Fund Drive
Meta: $10,000
Given so far: $3,902
39%
128 Apoiadores
24 Dias Restantes

Trump Declara os Templos como Essenciais, Ordena que os Governadores dos EUA os Reabram Imediatamente

This article from our archives was first published on RI in May 2020
MORE:Notícias
Originally appeared at: RT

O presidente dos EUA, Donald Trump, declarou que igrejas, sinagogas e mesquitas são estabelecimentos "essenciais". Ele ordenou que os governadores permitissem sua reabertura imediatamente e ameaçou passar por cima deles se recusarem.

"Estes são os lugares que mantêm nossa sociedade e povo unidos", anunciou Trump da Casa Branca na sexta-feira, acrescentando que "não é certo" que alguns estados considerem as lojas de bebidas alcoólicas e as clínicas de aborto como sendo essenciais, mas determinam que os templos permaneçam fechados devido à pandemia de Covid-19. 

Qualquer governador que tenha algum problema com isso poderá ligar para o presidente, mas não encontrará acordo nenhum, acrescentou Trump. Se os governadores se recusarem a permitir que os templos reabram imediatamente, já neste final de semana, "passarei por cima dos governadores", disse ele.

"Na América, precisamos de mais oração, não menos."

O pronunciamento de Trump veio em meio a relatos de que comunidades religiosas de vários estados com governadores Democratas reclamaram que não foram autorizadas a reabrir [os templos], mesmo que todos os estados tenham atualmente relaxado as quarentenas de coronavírus, pelo menos até certo ponto. 

Tanto Católicos quanto Luteranos em Minnesota, por exemplo, apelaram ao governador Tim Walz nesta semana para que este relaxasse a quarentena e indicaram que eles começariam a se congregar em oposição às suas ordens.

Governadores que apoiam a quarentena apontaram para o fato de que os Centros Norte-americanos para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) ainda não emitiram diretrizes quanto aos templos, instando que o Presidente Trump ordene ao CDC que assim o faça até sexta-feira.

Os críticos do Presidente reagiram ao anúncio alegando que mais pessoas contrairão o coronavírus e morrerão como resultado.

Wow!! Trump has ordered the CDC to label houses of worship as ‘essential’ and they must now admit parishioners. This is madness. Many people will get sick. Many will die. Governors were threatened Trump saying he will override any objections. CDC has lost all integrity.

— Mia Farrow (@MiaFarrow)

May 22, 2020

(Uau!! O Trump ordenou que o CDC nomeie os templos como 'essenciais' e agora eles deverão permitir o acesso dos paroquianos. Isso é loucura. Muitas pessoas ficarão doentes. Muitas morrerão. Os governadores foram ameaçados por Trump, dizendo que ele passará por cima de qualquer objeção. O CDC perdeu toda sua integridade. - Mia Farrow [@MiaFarrow] 22 de maio de 2020)

Trump não aceitou perguntas da mídia após concluir seu pronunciamento, mas sua declaração foi seguida por uma apresentação da Chefe da Força-Tarefa de Coronavírus da Casa Branca, Dra. Deborah Birx, mostrando a tendência de queda dos casos de Covid-19 nos EUA, com exceção de Chicago, Los Angeles e da região de Washington, DC - todas sob quarentena.

MORE:Notícias