Summer Fund Drive
Meta: $10,000
Given so far: $6,125
61%
294 Apoiadores
4 Dias Restantes

Rússia Poderá Permitir Dupla Cidadania, Tornando Mais Fácil Obter um Passaporte

Esta proposta de lei revolucionária deverá ser apresentada à Duma (Parlamento Russo) já em fevereiro, para ser votada ainda este ano. O requisito de uma residência de 5 anos será abolida e não será exigido dos estrangeiros que obterão a cidadania Russa que renunciem sua cidadania anterior...

Originally appeared at: RT

Alguma vez você já sonhou com um passaporte Russo, mas teve suas dúvidas sobre renunciar sua cidadania atual? Bem, você está com sorte, pois novas propostas estão aparentemente sendo esboçadas em Moscou.

O jornal Kommersant, citando fontes de uma comissão para reformar a migração nacional, disse que o Kremlin está pronto para remover suas restrições de longa data sobre dupla cidadania.

O principal público alvo são as pessoas daqueles lugares que Moscou considera "países irmãos", como Bielorrússia, Ucrânia e outras ex-repúblicas Soviéticas. Muitos residentes destes países podem já ter considerado mudarem-se para a Rússia, mas desistiram ao pensar que perderiam a opção de eventualmente retornarem para casa, especialmente quando eles possuem propriedade ou família lá.

Claro, as novas regras provavelmente irão valer para além das "circunvizinhanças" da Rússia, possibilitando novos fluxos migratórios [em outras palavras, é provavel que essas novas regras se apliquem aos Americanos, Australianos, Europeus, e não apenas às pessoas em países Eslavos - N.E.] 

O Deputado Peter Tolstoy, porta-voz da Duma Federal, disse à Kommersant:

"Queremos que este assunto esteja resolvido durante a estação de primavera [do parlamento], a fim de que todos possam se tornar cidadãos Russos... Consequentemente, o que a Rússia fará? Ela [a Rússia] protegerá seus cidadãos".

No ano de 2018, a população da Rússia decresceu pela primeira vez na década. Essa tendência continuou em 2019, pois que as mortes superaram o número dos nascimentos em quase 250.000. Contudo, a imigração contrabalanceou uma parte considerável deste decréscimo.

O presidente Vladimir Putin repetidamente solicitou seu governo para introduzir medidas para combater esta maré de decréscimo populacional. A comissão, fundada há mais de um ano, tem a tarefa de atrair o maior número de novos cidadãos possível para a Rússia. 

Os autores do projeto de lei esperam que suas sugestões, que incluem uma emenda sobre a dupla cidadania, ajudem a atrair entre cinco a dez milhões de novos cidadãos Russos.

Leonid Kalashnikov disse à Kommersant que este projeto de lei de dupla cidadania é "revolucionário", e informou ao jornal que ele "será absolutamente introduzido na Duma Federal em fevereiro".

Outras mudanças legais incluem a abolição da necessidade de residir por cinco anos continuamente na Rússia antes de solicitar a cidadania, bem como a eliminação da necessidade de se comprovar uma fonte legítima de renda.

O projeto de lei ainda não está completo, mas é bem possível que venha a ser aprovado nos próximos meses.

MORE:Notícias