Summer Fund Drive
Meta: $10,000
Given so far: $3,902
39%
128 Apoiadores
24 Dias Restantes

Putin Diz que Epidemia de Coronavírus Está Sob Completo Controle na Rússia - 60% Não Têm Sintomas

Uma impressionante parcela de 60% dos infectados em Moscou é assintomática, sendo que para a maioria dos casos com sintomas, eles são brandos. A tendência é similar no resto da Rússia. 

O Putin acabou de anunciar que "a epidemia do coronavírus está completamente sob controle na Rússia". Ele apontou que "todas as instâncias do governo federal e estadual trabalham em uníssono, bem ordenados e com alto grau de responsabilidade".

"A Rússia está pronta para lidar com a possibilidade de uma reviravolta dos contágios. A Rússia sempre está alguns passos adiante da situação atual", acrescentou Putin.

A Rússia identificou um recorde de 6.060 casos somente ontem. Isso é um recorde bem alto, saltando dos 4.070 de anteontem. E o que há de tão bom nisso? O fato de que estas pessoas não tem sintomas. Uma impressionante parcela de 60% dos infectados em Moscou é assintomática, sendo que para a maioria dos casos com sintomas, eles são brandos. A tendência é similar no resto da Rússia. Isso significa que um grande número de potenciais vetores de contaminação são detidos e postos em quarentena. Nenhum outro país do mundo tem conseguido fazer desta forma. Isso coincide com o fato de que mais uma vez a Rússia quebrou o recorde do número de testes feitos em um dia, com 118 mil testes, somando um total de 1.94 milhões de testes feitos.

O número de casos detectados em Moscou foi de 3.570. São Petersburgo identificou apenas 114 casos. Isto deve sinalizar uma baixa circulação do vírus por lá. Apesar disso, a mídia propagandista do Ocidente têm espalhado boatos de que São Petersburgo tem emergido como um novo epicentro. São delírios que somente contaminarão as mentes de seus leitores.

Outra vez, apenas 48 pessoas morreram em Moscou, muito embora os números tenham crescido enormemente. O total de mortos é de 361. Os recuperados somam 234, de um total de 3.291. Todavia, eu duvido que esta cifra de recuperados seja toda abrangente. Ela deve corresponder ao número de altas nos hospitais, e não dos assintomáticos em casa, cuja infecção curou-se.

A boa notícia é confirmada pelas autoridades médicas de Moscou, que dizem que apenas 1.300 pacientes de COVID-19 estão hospitalizados (de um total de 24.000). Eu admito que isto é confuso, porque há apenas uma semana atrás eu vi que eram 6.000 pessoas. Todavia, estas 6.000 incluíam todos os pacientes com outros tipos de pneumonia, o que dava a impressão de um número muito maior de hospitalizados por COVID-19.

O próprio Presidente Putin reafirmou a boa situação, cheio de confiança, quando deu seu cumprimento Pascal à nação. Putin anunciou que a epidemia do coronavírus está sob completo controle na Rússia.

Com relação aqueles 60% que são portadores do vírus, mas assintomáticos, isto é algo completamente inusitado em qualquer outro país. Antes tínhamos um número de 50% de assintomáticos na Islândia e em outros lugares. O fato de que o número chegou a 60% na Rússia indica que ele ainda pode aumentar. É possível pensar nesta situação como uma espécie de vacinação natural, realizada por meio da exposição de baixa intensidade.

Falando de imunidade natural, a Rússia também anunciou hoje que começará oficialmente o tratamento com transfusão de plasma de pacientes recuperados.

MORE:Notícias