Pais Adotivos Canadenses Agora Obrigados a Aprovar Sodomia

Não concorda com a sodomia? Então vocês não podem ser pais adotivos no Canadá. Levi e Amanda se inscreveram para se tornarem pais adotivos, e seu pedido foi negado, especificamente com base na crença religiosa. Para lares adotivos, a agência governamental favorece casais do mesmo sexo em vez de casais religiosos. O mesmo está acontecendo nos EUA.

Um ativista Canadense de longa data vem alertando há anos que os Cristãos são inimigos do Estado, e agora uma alegação de discriminação aberta em Ontário está evidenciando esse antagonismo contínuo.

Na esperança de receber uma criança em sua casa, marido e mulher - Levi e Amanda denBok - se inscreveram no Children's Aid Services (CAS), mas foram informados por carta que suas crenças religiosas os desqualificaram, relatou o The Christian Post.

O casal compartilhou a carta de rejeição em um post no Facebook, descrevendo como um agente de adoção do CAS perguntou a eles que igreja frequentavam e se acreditavam que a Bíblia era a verdade.

Na entrevista, marido e mulher foram questionados: "Vocês fazem parte daquelas igrejas que ainda acreditam que a Bíblia é a verdade?"

O agente informou ao casal que a Bíblia foi escrita "há milhares de anos" e que o mundo mudou desde então, afirma o casal.

O Dr. Charles McVety, que lidera o Canada Christian College como presidente, diz que as crenças do casal não correspondem aos supostos "valores" da província de Ontário e seus líderes. No entanto, é amplamente conhecido, diz ele, que o CAS favorece casais do mesmo sexo como pais adotivos em vez de casais religiosos.

Tal prática discriminatória seria uma revelação de abrir os olhos, uma vez que o argumento dos casais do mesmo sexo é que seria discriminação eles serem excluídos da criação de filhos adotivos.

Carta de rejeição dizendo a Levi e Amanda que eles não podem se tornar pais adotivos por causa de suas crenças Cristãs
McVety há muito avisa os leitores do OneNewsNow que os líderes da extrema esquerda do Canadá veem o Cristianismo e seus seguidores como inimigos do progresso. "Não há terreno neutro agora. Não há como se esconder", alertou ele em agosto.

Questionado sobre como o Canadá chegou ao ponto de o governo rejeitar os Cristãos com base em sua fé, McVety disse que a culpa é de uma Igreja apática liderada por líderes covardes.

O mesmo está acontecendo nos EUA, alerta.

De acordo com o relato de Levi denBok sobre a conversa cíclica com o CAS, ele e sua esposa cederam à agência sobre a questão dos castigos físicos em casa e até garantiram ao responsável pelo caso que se um filho adotivo fosse homossexual, os denBoks amariam a criança independentemente.

Mesmo assim, a agência se recusou a colocar crianças sob seu teto. A carta de rejeição diz:

Também queremos que vocês saibam que as políticas de nossa agência não parecem se adequar aos seus valores e crenças e, portanto, não poderemos avançar com a aprovação de sua família como um lar disponível.

“Não foi suficiente demonstrar que amaríamos qualquer criança que fosse colocada em nossa casa”, escreveu Levi denBok em sua mensagem no Facebook. "Não era suficiente que fornecêssemos um lugar seguro para uma criança aprender e crescer. Tínhamos que ACREDITAR de forma diferente. Isso não é conformidade - isso é conversão."


Fonte: OneNewsNow

  • Shqip
  • العربية
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Bahasa Indonesia
  • Italiano
  • Português
  • Русский
  • Español