Inteligência Artificial Ajuda a Desvendar o Mistério dos Manuscritos do Mar Morto

MORE:Notícias

Com a ajuda de Inteligência Artificial, os estudiosos fizeram uma nova descoberta sobre os antigos Manuscritos do Mar Morto.

Uma análise extensiva da caligrafia do Grande Pergaminho de Isaías revelou que ele foi escrito por dois escribas com caligrafia muito semelhante, em vez de por um escriba, como pensado anteriormente, relata o New Scientist.

Os Manuscritos do Mar Morto são um conjunto de antigos manuscritos Hebraicos de textos bíblicos e extra-bíblicos encontrados em cavernas próximas ao Mar Morto, em meados do século XX. Antes dos Manuscritos do Mar Morto, a maioria dos textos bíblicos datava apenas do período medieval. Os arqueólogos continuam a descobrir novos pergaminhos. A descoberta de outra dúzia de pergaminhos foi anunciada em março.

O Grande Pergaminho de Isaías, com mais de 7 metros de comprimento, foi completado por volta do século II a.C. Anteriormente, os estudiosos não conseguirem determinar quantos escribas trabalharam nele por causa da caligrafia semelhante.

Usando I.A., Mladen Popović da Universidade de Groningen, na Holanda, e seus colegas examinaram atentamente as variações na forma e estilo das letras que não podem ser facilmente percebidas pelo olho humano.

Photo: ichef.bbci.co.uk

Em particular, eles analisaram a letra Hebraica aleph, que aparece mais de 5.000 vezes no pergaminho. Os exames levaram à conclusão de que o pergaminho foi separado em duas metades, cada uma escrita por um escriba diferente.

"Os antigos traços de tinta estão diretamente relacionados ao movimento muscular de uma pessoa e são específicos de uma pessoa", escreve Popović em um artigo publicado sobre a descoberta.

"[O] cenário provável é [um de] dois escribas diferentes trabalhando juntos e tentando manter o mesmo estilo de escrita, mas revelando a si mesmos, sua individualidade".

"Os autores também abrem a fascinante questão de se este nível de afinidade entre as mãos dos escribas aponta para um profissional estelar, capaz de 'replicar' outra mão ou se estamos lidando com um ambiente de treinamento compartilhado de escribas", comentou Charlotte Hempel, da Universidade de Birmingham, no Reino Unido.


Fonte: orthochristian.com (Inglês)

MORE:Notícias
  • Shqip
  • العربية
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Bahasa Indonesia
  • Italiano
  • Português
  • Русский
  • Español