Inglês Expulsa Satanistas e Resgata Igreja Milenar

Ela está repleta de iconografia Inglesa antiga e pode datar da época dos Anglo-Saxões, o que significa que foi originalmente consagrada como uma igreja Ortodoxa. Um homem de 85 anos cheio de energia restaurou a igreja para "dar uma animada em sua aposentadoria".

Ele diz: "E quem quer se aposentar? Meu conselho para os outros: não jogue golfe ou compre uma villa Espanhola quando se aposentar. Encontre uma igreja em ruínas para salvar!"

MORE:Notícias
Originally appeared at: Daily Mail
  • Bob Davey começou a trabalhar na Igreja de Santa Maria, em Norfolk, quando se aposentou há 22 anos
  • Igreja Milenar, usada pela última vez em 1930, foi atingida por uma bomba da Primeira Guerra Mundial
  • Quando ele entrou lá pela primeira vez, ele ficou horrorizado ao encontrar um templo satânico e um altar pagão
  • O Cristão protegeu a igreja de membros do culto que uma tentaram o atropelhar de carro
  • Durante a restauração, ele encontrou deslumbrantes murais religiosos escondidos pelo gesso
  • A esposa de Bob morreu há oito anos - ela está enterrada no cemitério da igreja
  • 20 voluntários agora mantêm a igreja aberta todos os dias

Quando Bob Davey encontrou a antiga Igreja de Santa Maria, Houghton-on-the-Hill, em Norfolk, ela estava em um estado terrivelmente triste.

Era um dia de verão em 1992 e Bob tinha saído para um passeio do Instituto da Mulher (IM) com sua esposa, Gloria, presidente da filial local do IM.

Eles estavam a três quilômetros de sua casa nas proximidades de North Pickenham quando encontraram a torre da igreja em ruínas - vítima de uma bomba Zeppelin da Primeira Guerra Mundial. Ela estava toda envolta em hera.

Lá dentro, a igreja havia sido profanada por satanistas. Eles haviam pintado símbolos do Anticristo nas paredes com sangue, marcaram uma cruz de cabeça para baixo na alvenaria antiga e acenderam fogueiras em frente a um altar pagão.

Bob Davey passou 22 anos restaurando a Igreja de Santa Maria em Houghton-on-the-Hill, Norfolk, à sua glória passada

A torre da igreja, coberta de hera e dividida de cima para baixo

Como ela está agora, depois que o Bob reconstruiu a pedra antiga e restaurou as janelas

Eles até abriram o túmulo de um reitor do séc. XVIII, lançando a lápide destruída pelo cemitério e roubando seu crânio para uso em rituais satânicos.

Além desses horrores, os soldados Americanos haviam arrancado uma charmosa janela Gótica para levar para casa como um souvenir de seu tempo numa base aérea próxima durante a Segunda Guerra Mundial.

No calor do momento, o recém-aposentado Bob tomou uma decisão que dominaria sua vida pelos próximos 22 anos. Ele salvaria a igreja de Santa Maria. "Achei que a igreja arruinada era uma corrupção do Cristianismo", diz Bob, 85, um superintendente aposentado do conselho hidráulico e Cristão praticante.

Primeiros dias: Dois anos após o início do projeto, em 1994, o telhado da igreja foi limpo de hera

"Você não podia ver a torre e não havia telhado, janelas ou piso - nada, na verdade. Mas senti que era meu dever salvá-la".

Ele começou a trabalhar imediatamente. Ele estava tão determinado em sua missão que nem mesmo pediu a permissão da Igreja da Inglaterra para salvar a igreja. Ele apenas entrou - a porta havia sumido - e naquela tarde começou a limpar o lixo de 60 anos.

Ele tem estado no local quase todos os dias desde então, "exceto em dias de batizados e casamentos de familiares", diz Bob, que tem quatro filhos, seis netos e um bisneto.

"Não tiro umas férias há 22 anos, mas eu nunca quis uma. E quem quer se aposentar? Meu conselho para os outros: não jogue golfe ou compre uma villa Espanhola quando se aposentar. Encontre uma igreja em ruínas para salvar!"

Progresso: esta foto de 1996 mostra o telhado da igreja de Norfolk sendo reconstruído

Novo capítulo: Uma foto do serviço de purificação em 1992 - após a ocupação da igreja por cultos satânicos

Bob não apenas salvou a igreja. Como o Mail revelou no início desta semana, ele também descobriu um conjunto único de pinturas nas paredes, as primeiras na Grã-Bretanha e algumas das melhores da Europa.

As imagens do Juízo Final e da Santíssima Trindade são tão raras que o príncipe Charles e a falecida princesa Margaret as visitaram. Em 2006, o príncipe Charles deu a Bob um MBE (Master of Business Economics) por seu trabalho.

"O príncipe Charles deveria vir à igreja por apenas meia hora, mas ele ficou uma hora inteira", diz Bob. "A secretária dele veio até nós e disse: 'Já deveríamos estar em King’s Lynn!'".

E quem quer se aposentar? Meu conselho para os outros: não jogue golfe ou compre uma villa Espanhola quando se aposentar. Encontre uma igreja em ruínas para salvar!

No entanto, a cada passo em seu trabalho de restauração, Bob encontrou resistência.

Os satanistas não ficaram muito felizes com o retorno da igreja ao Cristianismo e tentaram impedi-lo. Contudo, ele manteve uma vigília solitária à noite para impedi-los de voltar.

"Eles voltavam em suas noites de celebração - no dia mais longo e no dia mais curto", disse Bob, "Eu os expulsei e um deles - um jovem alto e magro vestido de preto - tentou me atropelar em seu carro".

"Ele disse: 'Se você continuar a vir aqui, eu vou te matar'. Mas ele não me assustou em nada".

Quando os soldados do Exército Territorial souberam da batalha de Bob contra os satanistas, eles se ofereceram para guardar a igreja nas noites em que eles provavelmente se reuniriam para realizar seus rituais. Não surpreendentemente, os satanistas desapareceram.

Em seguida, Bob organizou um serviço de purificação na igreja sem teto entre as ruínas de pederneira.

Quando os soldados do Exército Territorial souberam da batalha de Bob contra os satanistas, eles se ofereceram para guardar a igreja nas noites em que eles provavelmente se reuniriam para realizar seus rituais.

... Não surpreendentemente, os satanistas desapareceram

Como um lembrete permanente dos tempos mais sombrios, ele decidiu deixar intacta a cruz de cabeça para baixo que os satanistas esculpiram na alvenaria para lembrar os visitantes de hoje. Como parte de sua restauração sem fim, Bob plantou 3.500 narcisos no cemitério e recuperou a lápide do reitor do século 18 e restaurou-a.

Ele também recuperou a fonte e a estopa da igreja (o vaso usado para água benta que se encontra nas varandas da igreja), bem como uma Bíblia de 1709. Elas foram removidas da Igreja de Santa Maria após o último culto em 1933, quando a igreja começou a desmoronar.

Ele foi ver o vigário da área e descobriu que estava usando a fonte como um vaso de flores.

"Uma senhora local estava usando a estopa como um bebedouro para pássaros", disse Bob. Ele diz que explicou que queria restaurá-lo em seu devido lugar na igreja, mas ela tentou impedi-lo.

"Mas eu simplesmente peguei! Ela havia sido danificada por um cortador de grama, mas por outro lado estava bem".

Ele disse que se algum morador tivesse um objeto da igreja, ele gostaria que fosse devolvido - sem discussão!

"Logo recebi o cálice da igreja datado de 1550 em prata de Norwich - vale £30.000."

Naquela altura, ele já havia aprendido muito sobre a história da igreja. Ela entrou em declínio depois que a vila ao redor foi arrasada pelo proprietário de terras local em 1925, quando a propriedade tinha pouco valor, e fora entregue à criação de ovelhas e caça.

Os responsáveis, diz ele, teriam desejado demolir a igreja também para ganhar dinheiro com a pedra. Mas como era uma terra consagrada, eles não puderam.

Significativo: a antiga pintura da parede mostra boas almas deixando seus túmulos em uma jornada ao céu

Um arquidiácono removeu todos os móveis e os livros da igreja durante a Segunda Guerra Mundial e queimou tudo, exceto a Bíblia, que foi resgatada por uma senhora local, que a devolveu a Bob meio século depois.

No início, a Igreja da Inglaterra, que está repleta de igrejas medievais em Norfolk, não foi muito prestativa para com Bob em seu trabalho de amor.

Muitos moradores também ficaram desconfiados porque ele era visto como um "estranho" que se mudou para a área apenas em 1987. Não obstante, ele continuou a consertar a igreja sem permissão oficial.

A igreja, a 6,5 ​​km a leste de Swaffham, é tão remota que não tinha uma estrada de acesso quando Bob a viu pela primeira vez naquele passeio com sua esposa. O fazendeiro local não o deixou usar uma trilha de fazenda, então Bob construiu sua própria estrada.

"São sete oitavos de milha", diz ele com orgulho, enquanto dirigimos ao longo dela - e é uma direção muito suave também.

"Eu construí com concreto triturado. Levei três meses. Eles não puderam me impedir de construí-la ao longo da borda do campo - por lei, você tem que permitir o acesso a um local consagrado".

E assim, muito lentamente, dia após dia, a Igreja de Santa Maria voltou à vida. Bob limpou todos os abrunheiros e amoreiras que obstruíam o prédio.

Ele removeu a terra e a vegetação que cobriam o caminho de azulejos pretos que serpenteava ao redor dos túmulos e construiu um caminho do outro lado do cemitério.

Agora você tem que reservar um assento para o serviço. É a única igreja no país com um sistema de reservas, até onde eu sei

Bob preencheu a cratera ao lado da torre onde a bomba Zeppelin caiu em 1916 - ainda há uma leve depressão no solo.

A torre foi dividida de cima a baixo pelo impacto. Você pode ver a alvenaria de Bob, que tapou as lacunas da torre construída com pederneira, pedra e tijolos romanos reciclados. "Para fazer toda a construção, foi preciso uma curva de aprendizado - muito rápida!", Diz ele. "Mas eu estava inflexível de que não perderia a torre".

Os moradores locais inspirados pelo entusiasmo de Bob logo se ofereceram para ajudar. Em 1996, o Amigos de Santa Maria foi criado para substituir as janelas - um proprietário de terras local pagou pela janela Gótica, arrancada pelos soldados, para ser substituída.

Vinte voluntários mantêm a igreja aberta todos os dias entre 14h e 16h. Milhares de visitantes vieram ao longo dos anos, incluindo um grupo da Nova Zelândia que deu uma Bíblia em Inglês e Maori para a Igreja de Santa Maria como agradecimento.

Cerca de 20 cultos por ano são realizados para qualquer grupo Cristão que deseje vir. "Acabamos de fazer um culto em que compareceram 112 pessoas - só há lugar para 50", diz Bob. "Então, agora você tem que reservar um assento para um serviço. É a única igreja no país com um sistema de reservas, até onde eu sei".

Uma coisa boa aconteceu depois da bomba Zeppelin. Ela rachou o gesso dentro da igreja, revelando pinturas de parede antigas escondidas embaixo.

Especialistas do Instituto Courtauld - o principal órgão de história da arte da Grã-Bretanha - foram convidados a examiná-los. Removendo uma camada de textos bíblicos pintados do séc. XVII e o gesso do séc. XIII por baixo, eles encontraram alguns tesouros incríveis.

Na parede oriental, há uma enorme imagem da Santíssima Trindade, com Deus em um trono ao lado de um Cristo crucificado e uma pomba representando o Espírito Santo. Abaixo, há uma série de santos. À esquerda está a Ressurreição dos Mortos, com um anjo tocando a última trombeta e figuras saindo de túmulos. A cena faz parte de um grande Juízo Final. Na parede norte, Deus está ocupado criando Eva.

Pensa-se que as imagens datam de 1090 ou mesmo dos tempos Anglo-Saxões - a cruz nos joelhos de Deus na Santíssima Trindade é típica dessa época. Se assim for, isso faria desta Santíssima Trindade - com Deus entronizado com o Cristo crucificado - a representação mais antiga na Europa do Trono da Graça, como é chamado.

Após sua descoberta, o livro guia para North-West Norfolk de Pevsner - o guia de arquitetura mais respeitado do país - disse: "Essas pinturas são de extraordinária importância". Tudo graças ao trabalho de restauração de Bob Davey.

Antes de salvar a igreja, o único livro guia que ele conseguiu encontrar mencionando Santa Maria se referia a ela como "uma pequena igreja um tanto chata".

Em reconhecimento aos seus esforços, Bob ganhou um prêmio de conservação do Royal Institution of Chartered Surveyors. Então, em 2006, o Heritage Lottery Fund deu à igreja uma doação de £190.000 para conservar as pinturas nas paredes.

O Conselho do Condado de Norfolk, o English Heritage e o Conselho de Breckland também ajudaram a reconstruir o edifício e torná-lo seguro.

Um conjunto de bancos foi feito à mão no Covent Garden de Londres e os ladrilhos foram fabricados em Sudbury, Suffolk, o último lugar no país com o forno externo certo para fazê-los da maneira original.

Até que o dinheiro da loteria tivesse chego, a maior parte do trabalho havia sido paga por Bob. Ele é muito modesto para dizer exatamente quanto gastou, mas admite ter esbanjado "milhares de libras" nisso.

Sempre que ele não conseguia recuperar os acessórios originais da igreja, ele pagava por novos de seu próprio bolso. Ele comprou um púlpito e recuperou os trilhos do altar de outra igreja que os estava descartando.

"Consegui estes por £30", sorri.

Oito anos atrás, a esposa de Bob morreu - ela está enterrada no cemitério da igreja - mas seu trabalho continua.

Recentemente, a doença significa que ele não pode dirigir, mas ele está determinado a continuar suas visitas diárias à igreja e sua busca para descobrir as pinturas de parede restantes que revestem a nave da igreja.

"Virei em um trólebus se for preciso", disse o herói que lutou contra o diabo e venceu.

MORE:Notícias
  • Shqip
  • العربية
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Bahasa Indonesia
  • Italiano
  • Português
  • Русский
  • Español