Summer Fund Drive
Meta: $10,000
Given so far: $3,983
40%
140 Apoiadores
23 Dias Restantes

Cristo Diz aos Gregos: "Eis, Vossa Casa Ficará Deserta"

Vocês não sentiram o gosto do beijo de Judas no beijo do Patriarca Bartolomeu [...]. Depois, vocês beijarão os chinelos do Papa de Roma, e então beijarão os chinelos do próprio Anticristo!

- Metropolita Lucas de Zaporizhzhya

MORE:Notícias

O Metropolita Lucas de Zaporizhzhya prestou um pronunciamento corajoso e imparcial com relação ao documento da Igreja Grega sobre a recomendação do reconhecimento do grupo cismático na Ucrânia. Tradução fornecida pelo Pe. Zechariah Lynch. 


Metropolita Lucas de Zaporizhzhya

Meus caros leitores, Cristo está no meio de nós!

Cristo diz aos Gregos: "Eis, vossa casa ficará deserta".

Eu permaneço com trepidação diante da maravilhosa verdade da profecia na histórica Evangélica, da qual somos testemunhas. Os eventos que antecedem a vinda do Anticristo são o oposto espelhado dos eventos terrenos da vida do nosso Salvador.

Os Judeus, que foram a raça eleita de Deus e que foram fiéis à Lei e aos Profetas, aos quais primeiramente se dêu saber sobre a vinda de Cristo no mundo, se tornaram aqueles que combateram contra Deus, servos do diabo e os que crucificaram o Messias. Os Fariseus e os Escribas, que escrupulosamente estudavam as Escrituras e filosofavam sobre o significado da doutrina do Senhor, foram os mesmos que crucificaram o Salvador do mundo.

Os Gentios Gregos do mundo Helênico foram os primeiros a receber a semente da fé e, portanto, se tornaram o novo povo eleito, tomando o lugar do povo Judeu que havia traído a Deus. E agora, novamente, como foi então, "no fim dos tempos", esse povo está - como em um espelho - repetindo a história de seus predecessores. Apenas que agora eles não puderam reconhecer o espírito do anticristo; todavia, outra vez tais "hipócritas" não puderam discernir "os sinais dos tempos" (Mateus 16:3).

O Sinédrio Judaico condenou Cristo a morte por uma razão simples e banal: a fim de não perderem os confortos da vida. "Convém que um homem morra" (João 11:50). Os Bispos Gregos estão fazendo a mesma coisa. É melhor que o Corpo de Cristo, a Igreja, sofra do que percamos nossos salários Europeus, nossos confortos e boas relações com aqueles bolsos que pagam nossos salários. Esse pensar é simples.

Como Pilatos, vocês lavaram suas mãos, mas ainda assim seus corações se tornaram impuros. Nossas Igrejas são tomadas, nossos fiéis são surrados e nossa terra está coberta de sangue. E esse é apenas o "princípio das dores" (Mateus 24:8). Eles nos matarão por causa de Cristo, com a sua ajuda, enquanto vocês filosofam e teologizam sobre Deus em seus confortáveis saguões.

Há muito tempo o Senhor nos advertiu sobre o fermento de sua hipocrisia (cf. Mateus 16.6), e outra vez nós testemunhamos da verdade de Suas palavras. Vocês não sentiram o gosto do beijo de Judas no beijo de Dimitry Archondonis [Nota do Tradutor: esse era o nome do Patriarca Bartolomeu antes de sua ordenação]. Tendo aceito "A", agora vocês devem aceitar "B", e continuarão a jornada de descida, conforme o plano premeditado criado pelos líderes da Nova Ordem Mundial.

Depois, vocês beijarão os chinelos do Papa de Roma, e então beijarão os chinelos do próprio Anticristo!

Essa é a sua escolha hoje. "Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?" (Mateus 23:33). "Eis, vossa casa ficará deserta" (Lucas 13:35). Comos vocês bem se lembram, traição não salvou os Judeus. Um pouco de tempo se passou e o juízo de Deus veio ligeiro.

Deus tem senão duas palavras: Sim e Não. A astuta, eficiente e velada traição definida pelo seu Sinédrio não os salvará. Deus ouve vocês e vocês disseram não para a Verdade. Vocês conscientemente foram contra a Verdade: essa é a blasfêmia contra o Espírito, a qual jamais será perdoada (Mateus 12:32).

Todavia, nós continuamente damos graças a Deus por ter nos escolhido como um sacrifício pela Verdade. Possivelmente por causa das orações da Mãe de Deus. Ao redor do mundo, apenas nossa santa terra possui três Monastérios dedicados a ela. Para nós, sofrer por Cristo é uma grande honra. Graças a Deus por este grande dom: de não apenas crer n'Ele, mas de sofrer por Ele (cf. Filipenses 1:29).

Eu gostaria de dizer a Deus a respeito de vocês: "Perdoa-lhes, pois não sabem o que fazem". Contudo, eu não posso, pois então eu seria como vocês em sua hipocrisia. Eu sei disso com certeza: vocês veem muito bem e, não obstante, executaram suas ações.

Metropolita Lucas of Zaporizhzhya 


Essa carta foi traduzida do original Russo pelo Pe. Zechariah Lynch.

O Pe. Zechariah é um sacerdote Ortodoxo em Pueblo, Colorado, na Igreja Ortodoxa de São Miguel Arcanjo. Ele escreve para o blog The Inkless Pen, e é um colaborador frequente do Fé Russa.

MORE:Notícias