Cadeia Para a Foice e o Martelo: Filho do Presidente do Brasil Iguala os Símbolos Comunistas aos Nazistas

MORE:Notícias
Originally appeared at: RT

Eduardo Bolsonaro, deputado e filho do Presidente do Brasil quer introduzir penas de prisão para a produção, venda ou distribuição de imagens da foice e do martelo e da estrela de cinco pontas, classificando-a como um símbolo de ódio.

Bolsonaro Jr. apresentou seu projeto de lei na terça-feira, 2 de setembro, em memória da “invasão da Polônia pelos Nazistas e posteriormente pelos Comunistas”. O deputado disse que a ideia por trás da potencial lei é “prevenir genocídios, que são resultado do Nazismo e do Comunismo, da mesma maneira que o código penal criminaliza o assassinato de um indivíduo”.

© AFP / MANDEL NGAN; © AFP / Alexander NEMENOV

APRESENTEI PROJETO DE LEI QUE PREVÊ CADEIA PARA QUEM FIZER APOLOGIA AO NAZISMO E AO COMUNISMO
— Eduardo Bolsonaro🇧🇷 (@BolsonaroSP) 1 de setembro de 2020

Ele também quer que a punição seja comparável a um crime grave - de nove a quinze anos de prisão. O esforço legislativo de Bolsonaro também inclui um plano para renomear quaisquer lugares públicos ou instituições que atualmente ostentam nomes de pessoas, eventos ou mesmo ideias relacionadas ao Nazismo ou ao Facismo.

O projeto de Bolsonaro Jr. seguiu o fato de ter causado um conflito diplomático em março entre o Brasil e a República Popular da China. O legislador chamou o governo do Partido Comunista de ditadura e culpou-o pela pandemia de Covid-19.

Tanto o deputado quanto seu pai, Jair Bolsonaro, são anticomunistas declarados, junto com o cerne de seu partido, o Social Liberal. Este fato aumentou notavelmente as tensões entre o país e alguns de seus vizinhos como Cuba e Venezuela.

MORE:Notícias
  • Shqip
  • العربية
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Bahasa Indonesia
  • Italiano
  • Português
  • Русский
  • Español