Pe. Dumitru Staniloae Será Canonizado Santo, Juntamente com os Anciãos Cleopa e Gerasimo

Em sua sessão de 25 de fevereiro, o Santo Sínodo da Igreja Ortodoxa Romena decidiu iniciar o processo de canonização de uma dúzia de confessores e missionários que sofreram sob o Comunismo, para marcar o 140º aniversário da autocefalia e o 100º aniversário da criação do Patriarcado em 2025.

Ontem, 9 de março, quando a Romênia comemora os prisioneiros políticos que sofreram sob o Comunismo, vários dos nomes sendo considerados para canonização foram anunciados publicamente.

Falando com a TV Trinitas da Igreja Romena, Sua Graça o Bispo Varlaam de Ploești nomeou o Ancião Cleopa (Ilie) do monastério Sihăstria, o grande teólogo Pe. Dumitru Stăniloae, e o Ancião Gerasimo (Iscu) do monastério Tismana como três confessores da fé que o Santo Sínodo quer canonizar, relata a Agência de Notícias da Basílica.

"A maioria deles professou Cristo nos tempos muito difíceis para a Igreja sob o Comunismo", disse o Bispo Varlaam sobre as doze pessoas em consideração.

A Igreja, que comemora aqueles que lutaram contra o Comunismo em toda Divina Liturgia, participa dessa maneira.

Honrando aqueles que sofreram e deram suas vidas sob o Comunismo, o Bispo Varlaam enfatizou: "O valor fundamental desta nação é a fé Cristã e viver no espírito do Evangelho de nosso Salvador Jesus Cristo".

"Mesmo aqueles que lutaram contra o Comunismo por razões puramente políticas, depois de encontrar sofrimento e compreensão de que o mistério da Cruz contém o mistério da Ressurreição, conheceram o Cristo crucificado e ressuscitado e O confessaram com todas as suas forças", acrescentou Sua Graça.

  • Shqip
  • العربية
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Bahasa Indonesia
  • Italiano
  • Português
  • Русский
  • Español