Evidência Arqueológica do Profeta Jeremias - Selos Antigos Desenterrados em Israel

Descobertas arqueológicas surgiram, ligadas ao profeta Hebreu Jeremias, de acordo com um especialista nas Escrituras.

Tom Meyer, professor de estudos bíblicos no Shasta Bible College e na Graduate School na Califórnia, EUA, destacou anteriormente a descoberta de um antigo selo em Jerusalém,que ele disse pertencer ao profeta Isaías (749 a 686 BC).

O especialista bíblico agora discorreu sobre tesouros arqueológicos similares, que ele acredita estarem ligados ao profeta da Bíblia Jeremias. Os historiadores estimam que ele nasceu por volta de 650 a.C. durante o reinado do rei Josias de Judá

O professor Meyer disse ao Express: “Foram desenterradas evidências arqueológicas da Cidade de Davi, em Jerusalém, que confirmam a existência até mesmo das pessoas mais obscuras mencionadas na Bíblia, provando assim mais uma vez que a exatidão histórica da Bíblia resiste ao mais agudo escrutínio".

“Em 1982, arqueólogos israelenses estavam escavando a camada de ruínas da época da destruição de Jerusalém pela Babilônia em 586 a.C. Em um lugar que agora foi rotulado de 'A Casa dos Sinetes', arqueólogos descobriram mais de 50 sinetes datados da época do famoso profeta Jeremias”.

Acredita-se que esta sala tenha armazenado no passado uma série de documentos em papiro. Os próprios documentos, infelizmente, não sobreviveram, mas seus sinetes de argila sim.

Um sinete era um selo formado a partir de um pedaço de barro que tinha a impressão de seu dono.

Neste caso particular, o professor Meyer disse que um dos selos descobertos foi carimbado com o nome de um indivíduo que tinha uma conexão com Jeremias.

Ele disse: "Os sinetes foram usados com o propósito de selar ou autenticar documentos de importância.

"Um destes sinetes menciona uma pessoa chamada "Gemarias, filho de Safã'".

Gemarias é mencionado de passagem em Jeremias capítulo 36, como um escriba oficial sob o rei Jeoaquim.

O especialista bíblico acrescentou: "Ele é provavelmente mais bem conhecido por suplicar àquele rei perverso que não queimasse o pergaminho de Jeremias que continha profecias sobre os desastres que Iavé estava prestes a infligir ao reino de Judá".

Mas as descobertas não terminam aí. Mais dois selos ligados ao profeta bíblico foram descobertos em uma coleção particular abrigada em Londres.

Os selos foram carimbados com o nome de "Baruque, filho de Nerias" que é descrito na Bíblia como um amigo e escriba de Jeremias.

Um destes selos continha até mesmo uma impressão digital, que pode até ter pertencido ao próprio Baruque.

  • Shqip
  • العربية
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Bahasa Indonesia
  • Italiano
  • Português
  • Русский
  • Español