Summer Fund Drive
Meta: $7,000
Given so far: $1,568
22%
37 Apoiadores
8 Dias Restantes

É Perigoso que os Pais Protejam Suas Crianças?

Por que vocês os mimam tanto? Por que vocês passam tanto tempo os protegendo? Vocês não querem prepará-los para viverem no mundo real?

Deus Todo-Poderoso, diante de quem todos os corações estão descobertos, todos os desejos conhecidos e de quem nenhum segredo está oculto: purifica os pensamentos dos nossos corações pela inspiração de Teu Espírito Santo, para que possamos amar-Te perfeitamente, e dignamente engrandecer Teu santo nome: por meio de Cristo nosso Senhor. Amém.

Saudações! Eu sou o Pe. Joseph Gleason e falo daqui do pequeno vilarejo de Ivashovo, na Rússia. Estamos ao oeste de Rostov Veliki, cerca de 3 horas ao norte de Moscou.​​​​​​

Permitam-me contar a história sobre dois jardineiros... Um bom jardineiro plantou cuidadosamente suas sementes em alguns pequenos vasos. Ele providenciou para elas um rico e nutritivo solo e a exata quantia de umidade. Suas sementes rapidamente tornaram-se tenras pequenas mudas. Ele as protegeu contra o vento, as defendeu de parasitas, regou regularmente e forneceu a exata quantia de luz solar.

Depois que as mudas se fortificaram, o bom jardineiro as plantou em seu jardim. Ele adubou, regou e as fertilizou. Nas primeiras semanas, ele providenciou sombra nos dias que foram especialmente quentes. Ele continuou fazendo isso até que seus caules endurececem e suas raízes se aprofundassem. Com o tempo elas tornaram-se plantas fortes, saudáveis e vibrantes.

Outro jardineiro vivia na casa ao lado. Ele zombou do primeiro jardineiro, dizendo:"Por que você mima tanto suas pequenas plantas? Por que você passa tanto tempo protegendo-as do vento e do calor quando são jovens? Não percebe que elas irão por fim viver do lado de fora? Você não quer preparar suas plantas para viverem no mundo real?".

Esse outro jardineiro não se preocupava com suas sementes e não deu atenção para suas pequenas plantas. Desde o primeiro dia ele plantou todas suas sementes diretamente no jardim e virou as costas. Ele quase não as protegeu. Após as primeiras semanas, um quarto das pequenas plantas morreram devido ao calor, um quarto delas foram quebradas devido aos fortes ventos e um quarto delas foram comidas por insetos. Das 100 mudas apenas 25 sobreviveram, e a estação de cultivo havia apenas começado.

Qual jardim vocês acham que mais frutificou?
Qual jardineiro vocês acham que teve uma colheita mais abundante?

As pessoas perguntam por que nós educamos domiciliarmente nossos oitos filhos.
As pessoas perguntam por que nós os protegemos das influências ímpias.
As pessoas se preocupam por que nós não preparamos as nossas crianças para o "mundo real".

Eu entendo que meus filhos são preciosas pequenas mudas, jovens e tenras plantas. Eles precisam que seus caules se fortaleçam e que suas raízes se tornem profundas antes de encararem as mortais tentações que o mundo tem para oferecer. Enquanto crianças, elas precisam ser criadas da maneira que Deus exige, com uma piedosa educação Cristã ao longo de todo o dia, do jeito que Deus disse em Deuteronômio 6:7.

Quando suas pequenas plantas são jovens e tenras, não é sábio lançá-las aos fortes ventos e ao calor escaldante. Não é bom expô-las aos parasitas. Suas crianças vão ter o suficiente dessas coisas quando elas se tornaram adultas de qualquer forma. Primeiro, elas precisam de tempo para lançaram suas raízes profundamente em Cristo, profundamente na Igreja, profundamente nas Escrituras.

Estou preparando meus filhos para viverem no mundo real, não morrerem nele.

"Agora, Senhor, podes despedir em paz o teu servo, segundo a tua palavra, pois já os meus olhos viram a tua salvação, a qual tu preparaste perante a face de todos os povos, luz para alumiar as nações e para glória de teu povo Israel".

Obrigado pela atenção.