Que Árvore Ficava no Jardim do Éden e Por que Jesus a amaldiçoou?

Na tradição Judaica, a Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal era uma figueira. Ao comer dela, a humanidade caiu e nós perdemos a glória que nos revestia no Jardim... O que foi que o Novo Adão fez justamente antes de inaugurar Seu Novo Testamento? Ele amaldiçoou a maldição. Ele amaldiçoou a morte e o pecado simbolizados pela figueira. Ele prometeu que nunca mais haverá outra Queda cataclísmica quando disse: "Nunca mais coma alguém fruto de ti!".

Durante a Semana Santa, na Grande e Santa Segunda, Jesus amaldiçoou a figueira e purificou o Templo.

Por que amaldiçoar a figueira? Que coisa estranha para se fazer! Céticos gostam de caçoar da aparante irracionalidade do ato. O que está havendo aqui?

Ter cavalgado em um jumento para Jerusalém revela Jesus como o Novo Salomão, e ter amaldiçoado a figueira o revela como o Novo Adão.

Na tradição Judaica, a Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal was a fig tree. era uma figueira. Ao comer dela, a humanidade caiu e nós perdemos a glória que nos revestia no Jardim. Envergonhados de sua nudez, Adão e Eva se vestiram com folhas de figueira. Qualquer pessoa que tenha alguma experiência com folhas de figueira sabe que isso não serve como uma boa roupa de baixo: seus óleos causam irritação na pele. Isso testifica acerca da inadequação da penitência meramente humana e de nossa inabilidade em curar a nós mesmos.

O que foi que o Novo Adão fez justamente antes de inaugurar Seu Novo Testamento? Ele amaldiçoou a maldição. Ele amaldiçoou a morte e o pecado simbolizados pela figueira. Ele prometeu que nunca mais haverá outra Queda cataclísmica quando disse: "Nunca mais coma alguém fruto de ti!".

Assim, onde o primeiro Adão fracassou, o segundo Adão retificou todas as coisas.

Por que Jesus purificou o Templo? Será que ele estava apenas de mal humor assim como nós nas manhãs de Segunda-feira? O significou toda aquela fúria do Príncipe da Paz?

Na medida em que purificava o pátio exterior do Templo, ele disse: "A minha casa será chamada casa de oração por todas as nações!". O termo "nações" é um outro nome para Gentios. Em outras palavras, o Templo não era para ser apenas para os Judeus, porque a promessa feita para Abraão não era apenas para os Judeus, mas para todas as nações. Todavia, os Judeus haviam tornado este pátio exterior em um mercado. Imagine ser um Gentio e querer ir orar no Templo, mas estar rodeado pelo balido das ovelhas, pelo mugido das vacas e pelo arrulho de muitas pombas.

Os Judeus não valorizavam os Gentios e não se importavam que suas orações fossem interrompidas. O Filho do Homem se importou e resolveu isso.

Outro mistério: é dito que Jesus é um sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque.

Todavia, os Judeus tinham um sacerdócio Aarônico e Levítico. De todos os Judeus, apenas aqueles da tribo de Levi (e não todos deles) podiam ser sacerdotes para servir a Deus. Eles precisavam ser pais de família, com filhos, e terem saúde física perfeita.

Entretanto, Isaías 56 nos mostra como será o sacerdócio do Messias: que ele incluirá até mesmo Gentios e eunucos. Que tipo mesmo de sacerdócio o Cristianismo histórico possúi? Um que é predominantemente Gentio. Muito embora a maioria dos sacerdotes Ortodoxos são casados, o sacerdócio Ortodoxo também inclui aqueles que se fizeram eunucos por causa do reino dos céus, ao se tornarem hieromonges e sacerdotes celibatários.