Qualquer um Pode se Tornar um Santo

Santidade não é concedida por grandeza ou títulos, mas por amor de Deus e humildade diante de Sua Vontade.

Originally appeared at: Pravmir

"Somente se uma pessoa viver de acordo com os mandamentos de Deus e em humildade, ela seguirá o caminho da santidade".

O primaz da Igreja Ortodoxa Ucraniana, Sua Beatitude Metropolita Onúfrio de Kiev e toda a Ucrânia, disse essas palavras em seu sermão de 31 de agosto de 2019, no dia da festa dos santos mártires Floro e Lauro, conforme a reportagem do Departamente de Informação e Educação da IOU.

Metropolita Onúfrio

Discorrendo sobre os feitos dos antigos mártires Cristãos Floro e Lauro, o Primaz trouxe à memória que "dentre os santos havia pessoas de diferentes posições e status, de diferentes contextos sociais e níveis de educação".

"Mas a santidade não é concedida por aparência, posição ou grandeza, mas em razão de quanto uma pessoa ama a Deus, de quanto ela se humilha diante da vontade de Deus, de quanto ela é grata a Deus por todas as bençãos que o Senhor envia e continua a enviar para nós, com as quais Ele enche a cada um de nós", disse Sua Beatitude.

Ele enfatizou que somente "se uma pessoa viver de acordo com os mandamentos de Deus e em humildade, ela seguirá então o caminho da santidade; do contrário, indiferente da roupa com a qual ela se vista, ou o ofício que ela exerça, ela falha em alcançar a salvação".

Ao mesmo tempo, conforme o Metropolita Onúfrio, qualquer um pode se tornar um homem de Deus, mas isso requer determinação.

"É preciso tomar o Santo Evangelho, ler e agir conforme está escrito neste Livro", ele explicou. "Se nós observarmos minimamente os mandamentos evangélicos, então cada um de nós pode se tornar um santo".

No fim do sermão, o Primaz desejou que "o Senhor, pelas orações dos Santos Floro e Lauro, nos ajude a viver na terra conforme as Divinas leis, de acordo com as leis do amor, porque Deus é Amor e também o são Seus mandamentos".

"Uma pessoa que vive de acordo com os mandamentos do amor personifica o amor, e quando uma está repleta de amor por Deus e pelo próximo, ela se torna um homem santo", enfatizou o Primaz.