Nem Mesmo Esmolas Podem Salvar o Impenitente

Originally appeared at: The Catalog of Good Deeds

Estejam cientes, irmãos, de que as esmolas oferecidas pelo falecido que morreu sem se arrepender de seus caminhos corrompidos não terão valia. Isso é evidente conforme a seguinte história.

Uma vez vivia certo homem em Constantinopla que era nobilíssimo, rico e que ajudava os pobres. Contudo, ele tinha uma falha: ele passou toda sua vida em adultério, e morreu sem se arrpender desse pecado em sua velhice. Depois da morte, o Patriarca Germano e seus bispos travaram uma discussão sobre o destino eterno da alma do falecido. Alguns disseram que o falecido estava em segurança, pois está escrito: "A justiça livra da morte", enquanto outros, pelo contrário, disseram que o falecido estava condenado, pois está escrito: "Julgar-vos-ei a cada um conforme os seus caminhos". Depois, o patriarca ordenou que todos os monastérios e os heremitas orassem pelo morto a fim de descobrirem sua condição.

O Senhor revelou para um eremita onde a alma habitava. O eremita chamou o patriarca e disse a ele na frente de todas as pessoas: "Eu vi um lugar em cuja direita há um paraíso cheio de bençãos inefáveis, e um lago de fogo a sua esquerda, donde chamas de fogo subiam até as nuvens. O falecido estava amarrado no meio daquele fogo terrível, lamentando altamente e chorando amargamente à medida em que olhava para o céu. Um anjo portador de luz veio a ele e disse: "Por que você lamenta em vão? Eis, por amor de suas esmolas, você foi liberto do tormento; e porque você não abandonou suas iniquidades até sua morte, você foi privado do bendito paraíso".

Quando o patriarca e aqueles que estavam com ele ouviram isso, eles disseram em terror: "Verdadeiramente, o apóstolo disse: 'fugi da fornicação'. O que aqueles que costumavam dizer, 'Mesmo que cometamos fornicação, seremos libertos do castigo pela nossa caridade', dirão agora? Portanto, o falecido devia ter mantido tanto a caridade quanto a pureza, sem a qual ninguém verá a Deus. Não há benefício na oferta de prata se a pessoa que dá, assim o faça com a mão impura e a alma impenitente.

Portanto, irmãos, se por um lado você fizer algo bom, mas por outro cometer um pecado mortal, isso significa construir com uma mão e destruir com a outra. Assim, não manquemos de ambas as pernas, e que nos devotemos completamente ao Senhor. Que nos lembremos que as virtudes são os degraus da escada que leva até o céu; elas estão inseparavelmente unidas umas as outras. Remova o valor de uma virtude por causa do pecado e a outra virtude também perderá seu valor. Portanto, lembremo-nos de que "ninguém que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus" (Lucas 9:62). Amém.

  • Shqip
  • العربية
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Bahasa Indonesia
  • Português
  • Русский
  • Español