23 de Dezembro - São Teófano o Recluso - Mantenha seu coração livre

"Se você apenas come, bebe, se diverte, vai para a cama, dorme bem, acorda e faz a mesma coisa uma e outra vez - onde está o lugar da vigília? Se você anda ocupado dia e noite com os cuidados terrenos, você ainda se preocuparia com a oração? Os cuidados da vida são os principais inimigos da vigília e da oração, o Senhor nos adverte para evitá-los.. . ."

Nota do Editor: São Teófano, o Recluso (1815-1894) foi um dos mais prolíficos e amados escritores espirituais da Rússia do século XIX. Suas obras compreendem mais de vinte volumes. Embora tenha vivido os últimos vinte e oito anos de sua vida como eremita, seu impacto sobre sua pátria foi imenso. Seus artigos apareceram nas revistas espirituais populares de seu tempo, seus livros eram muito requisitados e ele respondia pessoalmente a uma média de trinta cartas por dia. Vamos publicar trechos de "Meditações para cada dia do ano" (Amazon). Nele, São Teófano nos leva através do ciclo anual de leituras do Evangelho e da Epístola, humildemente e reverentemente oferecendo-nos breves mas poderosas meditações diárias sobre a palavra de Deus. Ele também aborda os problemas de sua época: falta de fé, frieza de coração, confiança na mente racional e não na Verdade de Deus revelada - que são problemas de nossos dias também.


Quinta-feira, 27ª semana após o Pentecostes
Epístola: 1 Timóteo 6:17-21
Evangelho: São Lucas 21:28-33

Mantenha o coração livre

"E olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia." [Lucas 21:34] "Aquele dia" é tanto o último dia do mundo ou o último dia de alguém na terra. Ele vem como um ladrão à noite e captura como uma armadilha. Vigiai, pois, ordena o Senhor, e orai sempre [Lucas 21:36]. E uma vez que o excesso, a embriaguez e os cuidados da vida são os principais inimigos da vigília e da oração, o Senhor nos adverte para evitá-los.

Se você apenas come, bebe, se diverte, vai para a cama, dorme bem, acorda e faz a mesma coisa uma e outra vez - onde está o lugar da vigília? Se você anda ocupado dia e noite com os cuidados terrenos, você ainda se preocuparia com a oração?  

- E daí? Eu não posso viver sem comida. Eu tenho que ganhar meu sustento. Certamente isto tem que ser resolvido!

- Isso está correto. Contudo, o Senhor nunca disse: "Não trabalhe", "Não coma", "Não beba", mas apenas "Não deixe que seus corações sejam sobrecarregados com tudo isso". Trabalhem com as mãos, enquanto mantêm o coração livre. Coma bem, mas não se sobrecarregue com comida. Bebam vinho de vez em quando, mas não deixem que isso perturbe sua mente e seu coração.

Separe seu negócio externo do interno, e certifique-se de que o último seja definido como a tarefa crítica da missão para toda a sua vida, enquanto o primeiro é apenas um trabalho secundário. Mantenha sua mente e seu coração dentro de você. Deixe apenas seu corpo, mãos, pés e olhos irem para fora quando necessário. "Vigiai, pois, e orai sempre".

Para estarmos diante do Filho do Homem naquele vindouro dia com a consciência tranquila, temos que estar, agora mesmo, nesta vida atual, continuamente de pé diante Dele. Só há uma maneira de conseguir isto: oração consciente e sóbria da mente operando em seu coração. Se seguirmos este caminho de oração, "aquele dia" nunca nos pegará desprevenidos.


Fonte: gorthodox.com (Inglês)

  • Shqip
  • العربية
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Bahasa Indonesia
  • Italiano
  • Português
  • Русский
  • Español