Dois Terços da Juventude Russa São Cristãos, Diz Pesquisa

Jovens estão participando dos serviços divinos, compartilhando interesses e problemas, e indo em peregrinação juntos.

Originally appeared at: Ortho Christian

"A maioria de nossos jovens - 63% - são crentes", comenta o chefe do Departamento de Relações Exteriores da Igreja, Sua Eminência Metropolita Hilarion de Volokolamsk. Segundo a reportagem da Foma, ele citou uma pesquisa da VTSIOM, de acordo com a qual apenas 37% dos jovens Russos de 18-24 anos se consideram incrédulos.

"Como eles creem é uma outra questão. Existem jovens que estão na igreja. Existem jovens que estão buscando por algo e que já se consideram crentes, mas que ainda não decidiram a qual comunidade religiosa devem se juntar", disse o Metropolita Hilarion.

De acordo com a pesquisa, apenas 16% dos entrevistados com idade de 24-36 anos se consideram incrédulos.

A porcentagem de crentes aumenta com a idade - isso é também um processo natural, porque vir a ter fé está frequentemente relacionado àlguma experiência de vida. Talvez uma crise, por exemplo, perda de entes queridos, alguma situação difícil na família, ou problemas de saúde. A pessoa começa a pensar sobre coisas sérias, sobre o sentido da vida e vem a ter fé", disse Sua Eminência.

A este respeito, Sua Eminência sabiamente instruiu que os crentes, tanto clérigos quanto leigos, devem trabalhar ainda mais com os jovens.

"O método mais eficiente ao se trabalhar com jovens é quando os jovens operam entre si, quando jovens se encontram e se comunicam com crédulos e incrédulos igualmente. Tenho visto como acontece a conversão de jovens quando eles são trazidos a igreja por seus pares", comentou.

Existem movimentos juvenis em várias paróquias em toda Rússia, incluindo a Catedral Metropolitana do Ícone da Mãe de Deus "Alegria de Todos que Choram", onde há um grupo de jovens chamado Renascença.

"É um grupo de cerca de quarenta jovens muito ativos, rapazes e moças, e de mais quarenta pessoas que parecem estar muito interessadas e que visitam de tempos em tempos", disse o Metropolita Hilarion.

Esses jovens participam dos serviços Divinos, depois tomam chá juntos, conversam, compartilham seus interesses, problemas e vão em peregrinações juntos.

"Movimentos de jovens existem tanto em uma escala eclesiástica, quanto em nível diocesano, e também no nível de paróquias individuais", resumiu o Metropolita Hilarion.