Abortos Regridem Quase 10% na Rússia em 2018

A taxa de abortos em relação aos nascimentos está melhorando, mas a séria luta contra este grave pecado continua.

Uma queda significativa do número de abortos foi registrada na Rússia em 2018, de acordo com um pronunciamento da Ministra de Saúde Veronika Skvkortsova, disponibilizado pela RIA-Novosti.

"Em 2018, o número dos abortos diminiu em 9.6%. Isto significa quase 60.000 casos", diz o pronunciamento.

Foto: foma.ru

Além disso, o número caiu mais de 39% no país em 7 anos. A mídia OrthoChristian anunciou anteriormente que o número despencou na margem de 2/3 desde 2000.

O aborto é permitido por lei na Rússia de maneira facultativa até a 12ª semana da gravidez. À medida em que este grave pecado é combatido, a taxa de abortos com relação aos nascimentos na Rússia e em outros países da antiga URSS está melhorando.

Como notou a Ministra em seu pronunciamento, tais resultados foram alcançados pelo programa em larga escala da construção de centros pré-natais e sua integração com um serviço de atendimento obstetrício de três níveis, implementado pelo Presidente Putin. Um novo centro pré-natal foi aberto quase que mensalmente no último ano.

Os doutores que participaram do 2º Fórum Hipocrático que aconteceu recentemente, propuseram a inclusão da redução do número de abortos no critério de avaliação da efetividade das autoridades nas regiões de toda a Rússia, diz RIA-Novosti.

Fonte: OrthoChristian

  • Shqip
  • العربية
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Bahasa Indonesia
  • Italiano
  • Português
  • Русский
  • Español